HOME
 
ALMÍSCAR
 
PRODUTOS
 
ENVIE SUA RECEITA
 
ATENDIMENTO
 
 
SAÚDE EM FOCO
 
Go Outside
Corrida ou caminhada: o que é melhor para emagrecer?
Terra
Como ficam os cuidados com os olhos no inverno?
Womens Health Brasil
9 alimentos que te deixam inchada e você não sabia
 
 
Not?cia - Fome, cansaço ou dor: sinais do corpo... Fome, cansaço ou dor: sinais do corpo...

Fome, cansaço ou dor: sinais do corpo após o treino.

Sentir dores, fome e cansaço após os treinos na academia é normal, principalmente, quando estamos iniciando um programa de exercícios, quando mudamos nosso treino, intensificamos as cargas e mudamos os exercícios. Entenda mais sobre esses sinais:

Dor muscular

As dores musculares após os treinos na academia ocorrem devido ao micro rompimento de fibras musculares. Quando treinamos rompemos (micro rompimentos) o tecido muscular.

O resultado disso é a ocorrência de microlesões musculares nos primeiros dias dos treinos musculares, pequenas rupturas do músculo causadas pelo excesso de esforço. Com alguns dias, o músculo começa a se reconstruir, por isso o repouso após os treinos é muito importante.

Cansaço

O cansaço após uma sessão de exercícios na academia também é normal, mas em casos de fadiga intensa é sinal que os treinos foram muito fortes. O controle do programa de exercícios é essencial para que o praticante não ultrapasse seus limites.

Esse controle é realizado através de avaliações e um estudo do condicionamento físico atual do indivíduo, onde a atuação do Profissional de Educação Física é muito importante para que ele possa elaborar uma periodização de treinos controlando treinos mais fortes e treinos mais leves para evitar as fadigas excessivas. O ideal é sentirmos maior disposição no dia seguindo ou mesmo nos dias em que realizamos os exercícios. Há um aumento considerável no ânimo e disposição das pessoas que fazem exercícios regulares.

Fome

Sentir mais fome após intensificarmos o treinamento ou iniciar um programa de exercícios é comum. Estamos gastando mais calorias no nosso dia a dia, mas isso não é sinal que devemos comer mais, devemos sim equilibrar a balança. Procure ajustar as intensidades dos treinos com o seu treinador, e ficar atento a uma alimentação saudável. Procure alimentos mais nutritivos e evite os carboidratos simples e alimentos com muita gordura, pois serão muito prejudiciais para a sua evolução.

Como diferenciar as dores

A dor que você nota nos dias posteriores ao treino é diferente da dor (queimação e ardor) que você sente durante o treino, e também é diferente de uma dor de lesão muscular. É essencial a conscientização das diferenças dessas dores, como a dor dos treinos, aquela dorzinha boa, que ocorre um dia ou dois depois do treino, e a dor de lesões, dores ruins, de lesões nas articulações e músculos.

A dor boa, por mais forte que ela seja, ela não impede você de fazer outras atividades físicas, apesar da dor você consegue executar qualquer movimento com perfeição, diferente das dores de lesões, que causam muita dor ao movimentar as áreas afetadas e aparecem algumas horas depois do treino.

Observe sempre as reações do seu corpo, o que ocorre após os exercícios, se aumenta ou diminui sua fome, se você está mais cansado ou com mais disposição, se sente mais sede, são resposta que o seu organismo dá aos estímulos provocados pelos exercícios, e são muito importantes para traçarmos os programas de treinos. Mantendo a regularidade dos seus treinos e respeitando o seu organismo os primeiros resultados apareceram em menos de um mês e resultados consideráveis em três meses de treinos.


Fonte: Minha Vida
 
           
 
Rua São José, 175 - Vl São José
Várzea Paulista / SP

Rua Maria Maiolino de Souza, 101
Centro - Campo Limpo Paulista / SP

(11) 4596-3321

(11) 4038-6064

Horário de Funcionamento:
Seg a sex 8h30 - 18h | Sáb 8h30 - 12h
contato@almiscar.com.br
 
newsletter
Cadastre seu e-mail e receba nossas promoções
     
         
   
Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet