HOME
 
ALMÍSCAR
 
PRODUTOS
 
ENVIE SUA RECEITA
 
ATENDIMENTO
 
 
SAÚDE EM FOCO
 
Boa Forma
Magnésio: o que é e para que serve esse nutriente?
Womens Health
8 exercícios de baixo impacto que queimam muitas calorias
Extra
Hidratação é tão importante no frio quanto no calor
 
 
Not?cia - 11 alimentos que fortalecem a imunidade... 11 alimentos que fortalecem a imunidade...

11 alimentos que fortalecem a imunidade da criança.

Já ouviu aquele conselho de que o prato deve ser colorido na hora da refeição, certo? Ele é absolutamente verdadeiro – em especial para as crianças.

E vai além! “Ao incluir as frutas, os legumes, as verduras, os grãos integrais, as proteínas magras e os laticínios com pouca gordura [na dieta], garantimos que os pequenos recebam todos os nutrientes importantes para seu crescimento”, explica Fernanda Guedes, nutricionista da Clínica de Imunologia Dr. Javier Carbajal. E isso também vale para a imunidade do pequeno!

São os alimentos que ele ingere que fornecem os nutrientes necessários para o bom funcionamento do sistema imune, prevenindo o adoecimento, diz Thaiane Moulin, nutricionista especialista em Saúde da Mulher, Criança e Adolescente e pós-graduada em Nutrição Funcional da Concepção à Adolescência (@nutri.thaimoulin).

É através da alimentação, ainda, que permitimos que a criança desenvolva suas habilidades motoras e cognitivas e "atinja seu potencial máximo, ou seja, para além do seu crescimento”, pontua Danielle de Paula Scaldelai Ferreira, nutricionista do São Cristóvão Saúde, pós-graduada em Nutrição Clínica Funcional e pós-graduanda em Nutrição em Oncologia.

Em resumo, um prato colorido e funcional pode ser um bom aliado para o desenvolvimento do pequeno, principalmente em épocas mais frias do ano, como o inverno, quando é comum que alguns quadros de doenças se agravem. E há ingredientes que não devem ficar de fora do cardápio, se objetivo é fortalecer a imunidade e a saúde do seu filho. Com a ajuda das especialistas, listamos alguns deles.

11 alimentos que melhoram o sistema imunológico da criança

Lembre-se: a alimentação precisa levar em consideração a textura adequada para cada faixa etária, desde as papinhas até a comida amassa ou sólida! A seguir, confira alguns alimentos essenciais para uma boa imunidade e como oferecê-los.

1) Feijão

Os feijões do tipo branco, carioca, preto e verde são ricos em proteínas vegetais, fibras, ferro, zinco e vitaminas do complexo B (que ajudam na saúde intestinal). Além deles, é possível comer leguminosas como lentilha, grão-de-bico e ervilha. Elas podem ser oferecidas a partir dos 6 meses, e uma forma divertida de preparar é fazendo bolinhos com o alimento cozido e farelo de aveia, além de irem bem em sopas e caldos.

2) Cenoura

A cenoura é repleta de vitamina A, essencial para a saúde dos olhos e do sistema imunológico. Você pode oferecê-la crua, em palitos, ou cozida, em sopas e purê.

3) Laranja

A fruta é uma fonte rica de vitamina C, que ajuda na produção de células de defesa do corpo. Se for consumida logo após o almoço ou o jantar, ainda auxilia na absorção do ferro, que atua no fornecimento de oxigênio para o sistema imune. Assim como a laranja, outras frutas cítricas, como acerola, podem ser picadas por cima de iogurte, com canela e um pouco de mel, farelo de aveia ou granola. Outra opção é um suco natural (sem adoçar) ou um picolé caseiro.

4) Gengibre

O gengibre tem propriedades anti-inflamatórias e pode estimular o sistema imunológico da criança. É um ingrediente com sabor forte, portanto, use para preparar chás, sucos ou como tempero em pratos quentes.

5) Sementes de chia e linhaça

Elas são ricas em ômega 3, que ajuda a regular o sistema imunológico e possui propriedades anti-inflamatórias. Coloque-as em iogurtes, sucos ou vitaminas.

6) Brócolis

Ele é um superalimento! Os brócolis contêm vitamina C, são antioxidantes e têm outros nutrientes importantes para a imunidade e a saúde. Assim como outras verduras e legumes, apresente eles de formas diferentes: cozido, cru, amassado ou em pedaços. Mesmo se a criança recusar de primeira, tente oferecer, pelo menos, dez vezes. Assim, ela conhecerá a textura e o sabor do alimento em diversas formas de apresentação.

7) Alho

O alho é um verdadeiro aliado! O alimento possui propriedades antibacterianas e antivirais, que podem ajudar a combater infecções e a reforçar o sistema imunológico. É possível picá-lo em sopas, massas, legumes e carnes, por exemplo. Outros temperos e especiarias também atuam na saúde do pequeno, mas priorize aqueles naturais, como orégano, louro, alecrim, salsinha, coentro, cebolinha e cebola.

8) Iogurte natural integral

Os lactobacilos presentes no iogurte ajudam na imunidade e na melhora da saúde intestinal. Ele é uma grande fonte de probióticos, mas é importante evitar as versões com sabor, que contêm corantes, adoçantes e aromatizantes. Para isso, verifique o rótulo. O produto deve ter apenas dois ingredientes: leite e fermento. Se desejar, em casa, acrescente geleia 100% fruta, frutas picadas, canela ou um fio de mel.

9) Couve

Vegetais na cor verde-escura são ricos em ferro. A couve também contém vitamina C, vitamina K e antioxidantes, uma ótima opção para fortalecer a imunidade da criança. O ingrediente pode ser incluído em sucos, saladas e sopas. Costuma ser aceitos se for refogado com alho ou misturado com ovo, para fazer uma omelete. Se a ideia é servir cru, invista em molhos caseiros.

10) Castanha de caju

Castanhas e nozes são fontes de selênio e vitamina E, que ajudam a fortalecer as defesas do organismo. A castanha de caju também é rica em zinco e os pequenos podem consumi-la na forma de pasta, que contenha apenas a oleaginosa na lista de ingredientes, ou de farinha, por cima de frutas picadas. Para as crianças maiores, há a possibilidade de oferecer a castanha inteira, mas em quantidades adequadas para evitar o risco de engasgo.

11) Ovos

Os ovos são ricos em selênio e zinco e participam da produção de anticorpos. Sem falar que as opções de receitas com esse alimento são infinitas! Aposte em uma crepioca, em um omelete de forno com vegetais ou em uma pastinha - ótima para comer com pão.

Como incentivar a alimentação positiva

Vale sempre lembrar que a alimentação inadequada altera os níveis de nutrientes essenciais, que podem ficar abaixo do recomendado. Isso enfraquece o funcionamento das células de defesa do pequeno e aumenta as chances de proliferação de vírus e bactérias.

Para os pais, é muito importante ter em mente que estratégias de incentivo devem passar longe na hora de estimular uma alimentação positiva na criança. Por exemplo, sugerir ao filho que ele “coma tudo” para ganhar um chocolate o encoraja de forma inadequada e aumenta a recusa aos alimentos naturais.

Da mesma maneira, só deixar o pequeno se levantar da mesa se ele “raspar o prato” não são bons caminhos para a alimentação saudável.

A dica é tentar levar a criança a um passeio na feira, chamá-la para cozinhar uma receita, permitir que ela explore as comidas livremente com as mãos e, principalmente, que os pais sejam um exemplo de refeição nutritiva dentro de casa.


Fonte: MSN
 
           
 
Rua São José, 175 - Vl São José
Várzea Paulista / SP

Rua Maria Maiolino de Souza, 101
Centro - Campo Limpo Paulista / SP

(11) 4596-3321

(11) 4038-6064

Horário de Funcionamento:
Seg a sex 8h30 - 18h | Sáb 8h30 - 12h
contato@almiscar.com.br
 
newsletter
Cadastre seu e-mail e receba nossas promoções
     
         
   
Copyright © 2017 - Todos os direitos reservados
Produzido por FrameSet